sábado, 15 de agosto de 2009

E a vida amorosa como vai?


Olá pessoas!

Não sei vocês, mais eu odeio quando me perguntam, não converso sobre isso com qualquer pessoa, ainda mais com parentes...
Eu amo reunião de família na casa da minha avó, mais pra mim acaba a reunião quando vem algum tio senta do meu lado e pergunta “e o namorado cadê?” [vem o pensamento na hora “meu namorado foi pra pqp¬¬]
Pior é agora, depois que eu fiz 20 anos não me perguntam mais pelo namorado, já anteciparam agora a pergunta é “vai casar não menina?” [e quem falou que eu quero casar?] nem me vejo casada e com filho, não tenho paciência com sobrinhos quem dirá com filho...
Não que eu não queira casar, mais no momento eu penso assim, quero estudar, me formar na faculdade, não nasci pra ficar arrumando casa, passando e fazendo comida pra marido, se eu for casar que eu case lá pros 30, já fiquei pra titia mesmo, qual a importância agora? Hahaha
Hoje o amor é muito banalizado, certas modernidades estragam o amor. Ficou com a pessoa hoje coloca lá no orkut “namorando”, namorando a duas semana coloca lá “casado”, sem contar quem namora um mês e enche a página de depoimentos com o famoso e tão banalizado EU TE AMO, com 1524854 fotos da pessoa, como a gente ama a um mês? Acho que hoje em dia as pessoas não sabem o que é amar, às vezes eu queria ter vivido a época dos meus avós, que tinha toooda aquela coisa de conquistar a menina, cortejar, tomar sorvete e comer pipoca na pracinha [lembrei cenas de novela haha], o namoro era namoro mesmo, as pessoas sabiam aproveitar.
E se declaração de amor hoje for expor seu namoro no orkut eu prefiro ficar sozinha, até porque eu estou bem assim, não sozinha, mas com amigos, sim, tenho fases que sinto falta de uma pessoa especial...
Sou moderninha, mais quero ser "cortejada", quero receber uma declaração de amor no meio da noite, quero receber flores e chocolate no trabalho, quero ir ao cinema e namorar no escurinho.
Mais hoje em dia isso é ser careta, me desculpe, mais eu sou careta!

Ps: desculpem o desabafo, mais isso me tira do serio!

- aquele abraçô pra quem fica mermão ;*

Hevinha

1 comentários:

Si Wasabi disse...

Oi! Que lindo o seu blog! Então... eu entendo sua revolta quando perguntam por namorado em festinhas de família... comigo também acontece... e sei que quando eu estiver namorando sério vão começar a perguntar do casamento (pra mim ainda não perguntam de casamento, apesar de ter 23 anos)... e depois do casamento, perguntarão quando virão os filhos... acho que não tem jeito de se livrar desse inquéritos familiares, hihihihi. Bjs!

Postar um comentário

'- Comeeenta com carinho ;D